Textos da Rosimeire Leal da Motta Piredda,
Campeões de leitura aqui
-

O Acidente
Rocha Inabalável
In Memoriam
O Quadro na Parede
Assim Sou Eu
Abandono
Barco a Deriva
Razão de Viver
Luta Contínua Comigo Mesma
Pessoalmente
O Ser Humano é uma Ilha
Loucura de Viver
Tempestade da Vida
Tirano Interior
Fragmentos do Passado
A Morte do Passado
Em Busca de um Par
Destinos Traçados
Esquecido para Sempre
Conselhos de Agricultor
O Preconceito
Só o Amor Constrói
Terminal Rodoviário do Bairro IBES
Gotas de Sentimentos
Intérprete do Coração
Ecos de um Eu Aprisionado
Águas da Existência
A Fuga de um Veleiro
Nas Mãos de Deus
Desatando os nós
Porto da Minha Vida
Iceberg Humano
Lágrimas Caladas
A Saúde é Tudo
Flores Partidas
Poirot a Holmes
Comendo Problemas
Amar em Segredo
Canto de Verão
Inverno no Coração
O Infiel
Jóia Preciosa
A Natureza
Cenário de Vila Velha - ES

 

E-mail - rosimeireleal@uol.com.br

Como Você lê uma poesia? Ao começar a deslizar os olhos no texto, concentre-se com o coração, sinta o que ele está dizendo, o que está sentindo, se o seu coração permanecer frio, sem nada para dizer, então o que você está lendo, não é poesia. A poesia tem a ver com a sensibilidade, que entra em contato com nossa alma e nos deixa encantados com a sua mensagem.
---------------------------------------------------------
Rosimeire Leal da Motta Piredda -
Poetisa e escritora Brasileira

No fundo, somos todos poetas, mas falta a sensibilidade para desenvolvê-la e trazer à tona a poesia que há em nós. Você que também tem este dom, pratique sem cessar, senão ele adormece.
-------------------------------------------------
Rosimeire Leal da Motta Piredda -
Poetisa e escritora Brasileira

O escultor, o pintor, o criador de joias,
também são poetas. O seu Eu poético é expresso através do desenho gráfico que trabalhados criativamente falam mais do que palavras. Os olhos interagem com as peças que traduzem poesias nos corações de quem as apreciam.

-----------------------------------------------------
Rosimeire Leal da Motta Piredda -
Poetisa e escritora Brasileira

O violino é uma poesia musical.
Um som profundamente poético, que fala dentro da alma e faz nossos olhos brilhar de emoção.

-------------------------------------------------------
Rosimeire Leal da Motta Piredda-
Poetisa e escritora Brasileira
Sinto um carinho especial por todos os meus amigos escritores e poetas. Sem nós, (escritores e poetas ) a vida perderia aquele toque mágico.
A magia da literatura é exatamente esta: despertar no coração de quem lê, um sentimento que só a alma entende...
Poesia é isto: O despertar da Aurora e também O cair da Tarde...

--------------------------------------------------------
Rosimeire Leal da Motta Piredda -
Poetisa e escritora Brasileira
LEIA A PROGRAMAÇÃO PROJETOS LITERÁRIOS
e PARTICIPE!!!
JUNHO a SETEMBRO 2016 - CLIQUI AQUI
Compartilhe no Facebook

Rosimeire Leal da Motta Piredda Website

 

Exercício Poético - Inspiração e Criatividade

Quando o coração sonha e a alma escreve!

* Versão em Espanhol
 
* Sobre Rosimeire
I n í c i o
Biografia
Livros e Antologias
Livro - Voz Da Alma
Livro - Eu Poético
Livro - O Cair Da Tarde
Novas Poesias Rosimeire
Premios
Textos Em Sites
Links
Contato
E-books Gratuitos
Poetas Colaboradores
 
* E-books FRASES
Amor
Ano Novo
Escrever
Escritor
Ler
Literatura
Livros
Natureza
Poesia
 
* E-books POESIAS
Amor
Autoconhecimento 01
Autoconhecimento 02
Deus
Escrever, Ler, Poesia, etc
Natureza
Saudade
 
E-books “Projeto Turístico, Histórico e Geográfico”
Retratando o Brasil através da poesia_
Portugal e Brasil
Região Norte
Região Nordeste
Região Centro-Oeste
Região Sudeste
Região Sul
* Escrever Olhando Imagens
Textos E-book Exercício
Poético com Imagem
- 1.ª Edição.
 
Poesias que Li Na Internet e Me Apaixonei
 


A poesia vem do nosso intimo e nos faz dizer coisas que não sabíamos que estava em nosso coração.

Rosimeire Leal da Motta Piredda - Poetisa e Escritora Brasileira.

Site (Página Pessoal) para quem gosta de ler - para quem gosta de ler cronicas

para quem gosta de ler contos - para quem gosta de ler poesias

para gostar de ler - Sala de leitura virtual -

Poesias surrealistas. Poesias metafóricas. Poemas em sentido metafórico.

Poemas com metáforas. poemas com figuras de linguagem