Bem-vindos ao meu Eu poético.
Poesias escritas com a alma, regadas com lágrimas e imensa ansia de viver.
Sentimentos Profundos.

--------------------------------------------------------------------------------------

ECOS DE UM EU APRISIONADO
Rosimeire Leal da Motta Piredda


Uma música misteriosa perturba meus sentidos,
transcende o meu entendimento.
Acordou-me com acordes insistentes.
Arrastou minha curiosidade para o secreto do meu íntimo!
Desvendou meus sonhos escondidos.
São sons produzidos pelo meu subconsciente.
Hipnotizou-me através do meu auto-conhecimento.
Projetou em meu coração os segredos da minha alma.
Um maestro afinou a sinfonia,
tornando-a cada vez mais compreensível.
Visão fantástica de uma parcela de mim,
presa nos escombros da vida!
Ecos de um eu aprisionado...

____________________________________________________________

Rosimeire Leal da Motta Piredda
Escritora e Poetisa - Vila Velha - Espirito Santo - Brasil

 

 
\n