TEXTOS DO LIVRO "EU POÉTICO"
Poesia e Prosa
de Rosimeire Leal da Motta Piredda

Editora CBJE - Rio de Janeiro -
Brasil Agosto/ 2007.

 

Voltar para o Índice

PERDIDO NAS SOMBRAS
Rosimeire Leal da Motta Piredda

(Quanto mais nos isolamos dentro de nós mesmos, mais vazios e perdidos nos sentimos. Em momentos assim, não se desespere, respire fundo, destranque a porta da sua vida e a brisa da razão irá conduzi-lo ao caminho certo.)

 

Enviou uma carta para o seu "eu".
O endereço de entrega era um labirinto:
extraviou-se.
Escreveu outra mensagem:
desapareceu, nos caminhos íngremes do seu coração.
Estado de aflição.
Como chegar até si?
Comprou uma passagem para a cidade mais próxima.
Todas as suas fronteiras estavam bloqueadas.
Desorientação.
Espaço menos iluminado do seu cérebro.
Longínquo.
Estradas sem sinalização.
Quem construiu este muro diante dos seus olhos?
Sombras.
Trancou dentro de si a pessoa que ele é.
Escuridão.
Prisão de portas abertas.
Visão atormentada.
Não compreendeu o nascer do sol.
Acostumou-se com o cair da tarde.
Estão tentando dizer-lhe algo!
O espelho refletiu suas rugas,
o relógio lembrou-lhe que o tempo está passando,
o chão estremeceu sob seus pés.
Um pensamento martelou suas idéias:
"O que tenho feito com a minha vida?"

-------------------------------------------------------------------


 
 

Poesia - "Perdido Nas Sombras"
Texto Do Livro "EU Poético"
Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil - Agosto/ 2007
Autora - Rosimeire Leal da Motta Piredda
   
 
\n