SOBREVIVÊNCIA
Rosimeire Leal da Motta Piredda

(Seus sonhos tornam-se reais quando você para de se ver "pequeno", batalha pelos seus ideais e sepulta os lamentos interiores.)

Voltar
para o Índice


Texto Do Livro
"
EU POÉTICO"
Poesia e Prosa

Editora CBJE -
Rio de Janeiro
Brasil
Agosto/ 2007


Atleta do cotidiano.
Alpinista solitário.
Escalou o pico mais alto da sua existência.
Esporte das gigantescas montanhas interiores.
Enfrentou o perigo sem pensar na morte.
Subiu, amarrado por meio de laços com nós.
Foi cercado por conceitos rígidos.
Nasceu pobre, foi coroado com a discriminação.
Conheceu o ponto mais difícil da sobrevivência.
Incontáveis obstáculos e emoções o guiaram.
Desânimo e incentivo entraram em contradição.
Aqueles que estão na posição privilegiada,
provocaram a queda de pedras,
aliaram-se ao vento, ao frio e a neblina,
tentaram derrubá-lo do objetivo de ser alguém.
Uma passada mal posta quase o levou ao precipício.
Apesar de tudo, chegou lá!
Alcançou o auge da maturidade.
Venceu todos os "não" diários.
Provou que as estatísticas estavam erradas.
Hasteou a bandeira da vitória!
Sofreu, porém, sobreviveu...

---------------------------------------------------------------


 

Poesia - "Sobrevivência"
Texto Do Livro "EU Poético"
Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil -
Agosto/ 2007
Autora - Rosimeire Leal da Motta Piredda