TEXTOS DO LIVRO "EU POÉTICO"
Poesia e Prosa
de Rosimeire Leal da Motta Piredda

Editora CBJE - Rio de Janeiro -
Brasil Agosto/ 2007.

 

Voltar para o Índice

FLORES PARTIDAS
Rosimeire Leal da Motta Piredda

(Há varias razões que levam um adolescente a optar pelos caminhos errados da vida, mas a consequência dos seus atos, repercute negativamente por toda a vida desta pessoa.)

 

A fase mais delicada da existência,
o que há de mais bonito:
Crianças!
Flores partidas.
Foram induzidas para o caminho negro da vida.
Corromperam-lhes seus nobres coraçõezinhos.
Dividiram-lhes a alma.
Roubaram-lhes a inocência.
Ilusão.
Amadureceram antes do tempo:
frutas maduras, porém estragadas!
O período de maior brilho, vigor e beleza
foi ofuscado pela violência.
Juventude!
A planta cresceu, contudo, germinou espinhos.
Curto currículo existencial:
foram atropeladas pelo caminhão do mais forte.
Não choveu amor e carinho em seus sonhos.
Danificaram-se seus galhos:
aparência interior assustadora!
Seus destinos eram para ser rosas majestosas.
Transformaram-se em ervas daninhas:
odiadas e massacradas.
O jardim chorou lágrimas abaladas:
um tiro vindo da "Lei",
tombou uma destas suas florzinhas.
E todas elas eram o futuro da nação...

--------------------------------------------------------------------



Poesia - " Flores Partidas "
Texto Do Livro "EU Poético"
Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil -
Autora - Rosimeire Leal da Motta Piredda
Agosto/ 2007


Poesia - " Flores Partidas "
Concurso "Poetas do Brasil"
Arte Bahia Eventos - Porto Seguro - BA
Classificação em Nível Nacional
Dezembro- 2006

Poesia - " Flores Partidas "
Antologia III Concurso Marise Andreatta
Internacional Justiça e Igualdade Social
Diversos Autores - Celeiro Escritores - SP
2016
 
\n