TEXTOS DO LIVRO "EU POÉTICO"
Poesia e Prosa
de Rosimeire Leal da Motta Piredda

Editora CBJE - Rio de Janeiro -
Brasil Agosto/ 2007.

 

Voltar para o Índice

COMÉDIA COTIDIANA
Rosimeire Leal da Motta Piredda

(Todos nós temos uma história para contar, cuja descrição é acompanhada por uma dose de gargalhadas.)

 

A vida também é uma comédia.

No dia-a-dia encontramos situações cômicas que nos fazem rir. Cenas espontâneas que nos divertem.

Na empresa onde trabalho há momentos em que a ligação telefônica está ruim, por isto ouve-se a voz do interlocutor longe ou incompreensível. Seguiu-se o seguinte diálogo:

__ Bom-dia! O Departamento de Vendas, por favor!

__ Quem gostaria de falar?

O senhor repetia seu nome várias vezes, contudo, a recepcionista só compreendia: "Tá ouvindo?" E ela respondia: "Estou ouvindo, mas quem está falando?". Por fim, ela conseguiu entender que ele se chamava "Calvino".

Em outra ocasião, fui telefonar para um cliente do município de Santa Maria de Jetibá (ES), referente a uma duplicata atrasada e perguntei pela funcionária responsável por esse assunto e me disseram que ela tinha vindo para cá, Vila Velha (ES), então informei o nome da empresa, "Plastical", a qual a pessoa assustou-se sobressaltada: "Do hospital? Meu Deus! O que houve com ela?" Quanto mais eu tentava fazê-la me ouvir claramente, ela escutava equivocadamente "hospital". Desliguei e retornei em seguida, dizendo: "Indústria de sacolas plásticas!" E ela respirou aliviada: "Que susto você me deu!"

Esta se passou em minha casa: meu pai estava sentado no sofá da sala, diante da televisão desligada. Assim que me viu resmungou tristemente:

__"A cada dia enxergo menos! Minhas vistas estão péssimas! Vejo tudo embaçado!"

Peguei seus óculos, lavei com água e sabão, sequei-os e pedi que os colocasse.

__"Está vendo melhor?"

__ "Ah, agora sim!"

Ele tem o costume de mexer com frituras na cozinha e nunca se lembra de limpar os óculos.

Quem não vivenciou circunstâncias como estas? Todos nós temos uma história para contar, cuja descrição é acompanhada por uma dose de gargalhadas.

-------------------------------------------------------------------


&

Conto - "Comédia Cotidiana."
Textos Do Livro "EU Poético"
Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil -
Agosto/ 2007.
Autora - Rosimeire Leal da Motta Piredda
 
 
\n