TEXTO DO LIVRO "VOZ DA ALMA"
Poesia e Prosa
de Rosimeire Leal da Motta Piredda

Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil
Novembro/ 2005

 

Voltar para o Índice

SER MÉDICO
Rosimeire Leal da Motta Piredda

OBS.: Homenagem ao Dr. Márcio Antônio Leite Lima - Angiologista e Cirurgião Vascular

 

Para o médico, sua carreira é mais do que um trabalho, ama a oportunidade de ajudar e salvar pessoas.

Mas é importante se especializar continuamente ser apaixonado pela medicina, sempre tendo em vista que não é uma profissão fácil: saber lidar com o temperamento humano é uma arte.

O doente ao se consultar com o médico após expor seus sintomas, involuntariamente, faz, com os olhos, uma pergunta muda e ansiosa, como quem diz: "Dr., é grave?" Assim, uma das aptidões do médico é ser simpático, ter um sorriso tranqüilizador, transmitir a confiança de que está em boas mãos, confortando aqueles que lhe pedem socorro.

Ser médico é ter "coração de mãe", precisa tratar com carinho àqueles que estão aos seus cuidados: ao visitá-los no setor de internação, deve ouvi-los atentamente e não ter muita pressa pra se despedir. O paciente se sentirá feliz com a atenção e se recuperará mais rapidamente.

Esse profissional trabalha até mais tarde, sem falar dos plantões...

Apesar de ser uma profissão heróica, é essencial cuidar de si mesmo e lembrar que não pode estar 24 horas no hospital e ter tempo para abraçar e proteger sua família, pois ela é sua maior riqueza.

-------------------------------------------------------------------



Crônica - "Ser Médico"
Texto Do Livro "Voz Da Alma"
Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil -
Novembro/ 2005
Autora - Rosimeire Leal da Motta Piredda
 
 
\n