TEXTO DO LIVRO "VOZ DA ALMA"
Poesia e Prosa
de Rosimeire Leal da Motta Piredda

Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil
Novembro/ 2005

 

Voltar para o Índice

OLHAR VAZIO
Rosimeire Leal da Motta Piredda

(A melancolia é um sofrimento que brota da alma e leva ao desespero.)

 

Olhos negros e sobrancelhas espessas.
Por que eles estão tristes?
Por que uma mão segura o queixo?
O seu olhar está fixo no infinito:
Olha, mas não vê,
A preocupação o deixa estático!
Sua vida está um caos.
Sua mente não pensa.
Uma estátua: fruto de um momento aflitivo.
O sangue corre em suas veias.
Ele não é feito de gesso.
É um humano que sofre.
Sua vida não prossegue.
Está deixando de viver alguns minutos de sua vida.
Como voltar a si, para a sua realidade,
se os seus olhos estão atraídos para o além?
Quantas horas, quanto tempo permaneceu assim?
Não se sabe, porém, quando uma voz longínqua,
que aos poucos se tornou muito próxima,
o arrastou para a sua realidade,
sentiu-se velho.
Viveu uma eternidade num olhar distante.
Um olhar que não o fez refletir,
que não o levou a nada.
E, de tão triste, atirou todo o seu ser, com força extrema,
para o vazio de sua alma.
Um nada que sugou suas últimas energias.
Sua vida não fazia mais sentido.

-------------------------------------------------------------------



Poesia - "Olhar Vazio"
Texto Do Livro "Voz Da Alma"
Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil -
Novembro/ 2005
Autora - Rosimeire Leal da Motta Piredda
   
 
\n